quinta-feira, 8 de setembro de 2011

CUIDADO...



Por Felippe Ramos

O homem já morreu. Deus já morreu. A vida se tornou uma existência sem significado, e o homem não passa de uma roda na engrenagem. A única via de escape passa por um mundo fantástico de experiências, drogas, absurdos, pornografia, uma experiência final, ilusiva a loucura....
                                                                                              Francis Shaeffer


            Uma descrição real da sociedade. Sem perspectivas, sem sonhos, sem a construção de um futuro melhor, esperando o caos.
            Este é o retrato que vemos quando começamos observar as pessoas, suas atitudes, os vícios, as injustiças, a indiferença, a individualidade.
            Se nos remetermos ao passado, podemos perceber que nossa geração é fruto de uma (des) construção que perdurou séculos, quando o homem começou utilizar o princípio da razão autônoma e  destruir todo traço divino na sociedade, gerando no pensamento moderno um pluralismo, relativismo e ceticismo.
            Diante desta realidade, chegamos à conclusão que onde se tira a “religião” (Deus), gera uma desordem ética, moral e social. Utilizando as palavras de Libânio, ele descreve que este processo gerou um verdadeiro ecocídio; produziu um verdadeiro exército de pobres; tem criado um coração humano egoísta, individualista, fechado, condenado à solidão, consumista, sôfrego de prazeres que não o fazem felizes. Ele mostra que este homem pos-moderno, resultado do Racionalismo, está na ameaça no niilismo de valores, de bem, de verdade. E acompanha-o a melancolia cinzenta. E num movimento de reação e de ressurreição diante de tanta morte simbólica, ecológica e humana, abrem-se espaço para a dimensão estética, lúdica, gratuita, festiva, religiosa da existência.

Cuidado para não ser mais uma vítima desta sociedade...

6 comentários:

  1. Com certeza, de onde se tira Deus, tudo vira do avesso. Fica tudo embaraçado e aparece uma falsa felicidade; uma falsa forma de se viver. Precisamos manter os olhos espirituais muito bem abertos.

    ResponderExcluir
  2. é verdade Marjorie. é visível o resultado de uma sociedade sem traços do divino. Não há ordem, moral, ética.

    ResponderExcluir
  3. Mto bom o texto, as pessoas elas estão morrendo pra vida, não estão querendo lutar, não se importam mais com nada,perderam os verdadeiros valores e não estão se importando com a morte "espiritual", a vida esta se tornando um imenso vazio, o que falta pra nós é ter os olhos fixos no verdadeiro Cristo, aquELE que é capaz de nos dar novamente animo para a vida!!

    ResponderExcluir
  4. Sem dúvida uma válida reflexão.

    Questiono porém Schaeffer. Venho tentando tocar um Blog sobre sua trilogia...

    Não creio, todavia, ser possível tirar Deus de nada nem de lugar nenhum. E vou além, normalmente ele se esconde onde menos espera-se achá-lo.

    Quantas vezes Ele retirou-se do nominalmente "sacro" para misturar-se no "profano"; desprezou o "sagrado" para esbaldar-se no "secular"?

    Não que eu discorde de sua visão, apenas venho tentando [ultimamente] enxergar a realidade espiritual por outra perspectiva...

    Abraços fraternais! Obrigado pelo convite.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns, Felippe. Texto com reflexões pertinentes. Acho que onde se tira Deus tudo padece, e onde se apresenta Deus de forma errônea tudo definha. abçs

    ResponderExcluir