quarta-feira, 11 de julho de 2012

TEMPO




O tempo voa e não percebemos, quando damos conta do que já passou e das experiências que vivenciamos, enxergamos a dimensão da velocidade da vida. Passa tão rápido... outro dia mesmo estávamos planejando o futuro, de repente estávamos vivendo aquele futuro, e sem perceber, aquele futuro se tornou passado.

Não perdemos tempo em recordar as lembranças do passado e sempre que surge uma oportunidade nos diálogos e nas rodas de amigos, fazemos questão de relembrar aqueles momentos marcantes da vida, das fases que passamos, daquilo que nos fez felizes, de fatos e coisas que deixaram uma marca em nós. Momentos nostálgicos, mas que nos final, nos lembra de como o tempo passa rápido.

Por isso é importante aproveitarmos cada momento, cada fase da vida, cada oportunidade que bate em nossa porta. A vida esta presa ao tempo e se o tempo voa, a vida também. Ela é semelhante à neblina, aparece por um pouco e depois se dissipa (Tg 4:14). Isso não vai fazer nossa vida passar mais devagar ou o tempo se atrasar, porém, nas reminiscências das fases que vivenciamos, deixará em nós a sensação de dever cumprido na missão de viver.

Felippe Ramos do Nascimento

5 comentários:

  1. Cada momento, cada instante aproveitar e viver o que temos pra viver! Lindo Post, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Boa reflexão.

    E ñ tenhamos pressa em aproveitar cada momento, pois creio q é melhor sermos degustadores da vida, ñ consumidores num drive-thru, rs.

    ResponderExcluir
  3. muito bom....como diz uma música do oficina g3 "O vento toca o meu rosto me lembrando que o tempo vai com ele levando em suas asas os meus dias,desta vida passageira"

    ResponderExcluir
  4. Lembrando que a vida só está presa ao tempo pq nós os homens criamos essa concepção de tempo e nos prendemos a ele também.Apesar de em cada cultura ter um tempo, ele existe, para nos colocar diante a oportunidades que muitas vezes procrastinamos na escolha e a nossa criação "o tempo" afasta-nos dessas possibilidades. O tempo é como uma armadilha criada por nós para nos desafiar e fazer-nos enxergar e aprender com os próprios erros, erros esses que nos possibilitam ver se somos ou não capazes de fazer escolhas certas em momentos oportunos. Jéssica Carvalho

    ResponderExcluir