sexta-feira, 30 de maio de 2014

DESEJO

Desejo primeiro que você ame
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
(…)
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.

– extraído de “Desejo”, poema de Victor Hugo traduzido por Vinicius de Moraes.

Imagem: “The Kiss”, pintura de 2010 do artista russo Andre Kohn.


Extraído do site: SEMIÓTICAS